A Levee e a Mercy Corps se uniram para ajudar os refugiados venezuelanos na Colômbia a encontrarem boas oportunidade de emprego, eliminando as barreiras no processo de contratação com ajuda da tecnologia.

 

Mais de 20 milhões de pessoas na América Latina estão desempregadas. Os números são ainda mais alarmantes se considerarmos jovens entre 14 e 25 anos, mulheres e pessoas com apenas ensino médio ou menos escolaridade. Essas pessoas são frequentemente discriminadas (às vezes inconscientemente) no processo formal de contratação, portanto, quando conseguem encontrar um emprego, é muito provável que seja uma oportunidade informal, sem contrato ou sem direitos previdenciários. Esses empregos são quase sempre de alto risco e não oferecem boas oportunidades para o desenvolvimento de habilidades deste trabalhador.

A América Latina como um todo sempre sofreu com a questão de desemprego, mas com a crise humanitária, política e econômica que a Venezuela vive, 4 milhões de pessoas fugiram do país em busca de uma nova oportunidade de vida nos países vizinhos. A ONU estima que haverá 5,3 milhões de refugiados venezuelanos até o final de 2020, levando a capacidade dos vizinhos da Venezuela ao seu limite. A Colômbia recebeu o maior número de venezuelanos até agora, quase 1,5 milhão de pessoas procuram se estabelecer em lugares que muitas vezes já lutavam contra a pobreza e a falta de oportunidades.

O desemprego tornou-se um desafio muito grande e encontrar uma solução é ainda mais urgente devido ao rápido avanço da tecnologia. A tecnologia está eliminando alguns empregos, mas também está construindo profissões que não existiam antes. Um dos maiores desafios neste mercado em constante mudança é remover as barreiras no processo de busca e contratação.

Muitas vezes, os candidatos a emprego e os empregadores simplesmente não se encontram. Quem trabalha por conta própria ou faz parte da economia informal perde muito tempo procurando o próximo emprego e quase sempre não encontra uma boa oportunidade. E as empresas que procuram contratar para cargos de nível básico ou de baixa qualificação gastam uma quantidade considerável de tempo no processo de contratação, e ainda experimentam alta rotatividade de funcionários, pois não conseguem encontrar candidatos com as habilidades certas para o trabalho.

Reduzir as barreiras de emprego é muito importante e é um desafio que requer atenção. A Levee tem como objetivo reinventar a produtividade e o futuro do trabalho com o uso de inteligência artificial e aprendizado automático para conectar trabalhadores informais não qualificados com empregos formais.

A Levee valida as habilidades do candidato, histórico de trabalho e outras informações pessoais importantes para criar um perfil completo. O algoritmo da empresa analisa os preditores de desempenho mais relevantes, incluindo localização geográfica, e conecta o candidato diretamente a uma lista das melhores oportunidades de trabalho para ele, permitindo que você agende uma entrevista. O processo é simples para possíveis funcionários e empregadores.

Com novas tecnologias, métodos e dados, as soluções da Levee trazem inteligência ao processo de decisão, ajudando as empresas a reduzir US $ 100 milhões que foram perdidos devido à baixa produtividade em suas operações. A solução da Levee ajuda a democratizar o acesso a oportunidades de trabalho para qualquer pessoa, em qualquer lugar, a qualquer hora. 

Com isso, Levee e Mercy Corps se uniram para ajudar os refugiados venezuelanos na Colômbia a encontrar empregadores e conseguir um trabalho formal para começar uma nova vida, uma nova história.

O que os venezuelanos na Colômbia mais dizem é que a primeira coisa que precisam é de um emprego, porque sem trabalho não há dinheiro, não há comida, remédio ou abrigo. Mas ter um emprego é mais do que uma forma de ganhar dinheiro, é uma oportunidade de crescimento e conhecimento. Ter um emprego formal ajuda a pessoa a entender mais sobre sua vida, seus objetivos e sua identidade. Por trás das estatísticas de desemprego surpreendentes estão histórias humanas: histórias de pessoas incapazes de realizar todo o seu potencial e grandes quantidades de talentos perdidos.

A procura de um trabalho nunca é fácil, entretanto, torna-se ainda mais difícil quando a pessoa é obrigada a fugir da sua casa e recomeçar longe da sua cultura. Encontrar trabalho fora de seu país é um desafio que muitos venezuelanos tentam conseguir. Por essa razão, é necessário facilitar as conexões entre candidatos e empregadores. Com a ajuda da tecnologia ajudamos milhares de refugiados a encontrar o que precisam para reconstruir suas vidas.

Leave a Reply