Não é segredo para ninguém que a pandemia acelerou o processo de adoção da tecnologia dentro das corporações. Uma pesquisa realizada pela Harvard Business Review apontou que, para 77% dos CEOs entrevistados, o cenário da pandemia acelerou os planos de transformação digital. Demandando a compra de plataformas de tecnologia, investimento em pessoas e um grande foco no processo de change management (gestão da mudança).

Os dados abaixo, da Consultoria Mckinsey, traduzem como se dá essa aceleração:

A corrida tecnológica não contempla apenas os softwares, mas promoveu um aquecimento no mercado de talentos alinhados a este momento. Com isso, tornou-se urgente que o mindset do C-suite (executivos sêniores)  transformem estratégia das grandes empresa, as mantendo alinhadas à nova realidade digital, de acordo com a Harvard Business Review.

E qual o papel do RH nesta corrida pela transformação digital?

De acordo com a Gartner (HR Leaders Magazine de julho) o RH é o responsável por estabelecer uma conexão profunda entre pessoas e tecnologias. A recomendação é de que o primeiro passo esteja na educação dos profissionais da área e da organização sobre os diferentes tipos de RH e tecnologias. A partir deste conhecimento será possível definir, de acordo com a estratégia e necessidades da empresa, qual será o papel da tecnologia e qual o papel das pessoas.

Para entender melhor os impactos da tecnologia nos negócios é importante explicar as três grandes fases da tecnologia.

Digitalização:

Transforma processos e dados analógicos em digitais. Dentro do mundo do RH uma tecnologia de digitalização que vem ganhando relevância é o ATS (applicant tracking systems) – que permite que todo o banco de dados criado a partir da jornada de recrutamento das empresas possa ser consultada, categorizada e exportada a partir da nuvem.

Automação:

A automatização dos processos, por sua vez, é uma etapa posterior à digitalização e significa tornar processos manuais em processos realizados por dispositivos eletrônicos ou mecânicos. Ou seja: o processo que antes era realizado por um ser humano passa a ser realizado por máquinas, com objetivo de torná-lo mais eficiente.

Inteligência artificial:

Tecnologia que traz insights ou predições por meio da combinação de modelos matemáticos aplicados por máquinas. Entre as tecnologias englobadas pela Inteligência Artificial estão o Machine Learning, que permite a criação de padrões analíticos e a previsões comportamentais a partir do processamento de informações; e o Deep Learning, que tem como base o princípio de redes neurais e que busca “imitar” o cérebro humano.

A adoção das novas tecnologias abre espaço para uma nova relação das pessoas com seus trabalhos: o Futuro do Trabalho, conceito que as pessoas estão estudando muito, de acordo com a consultoria estratégica Mckinsey

E você, está preparado para esse desafio?

Michelle Schneider, Business Executive do Google, traz boas reflexões sobre este novo mundo. Confira: https://youtu.be/9G5mS_OKT0A

Leave a Reply